12 novembro 2014

Curso de Feng Shui: Algumas Notas

"Onde o vento é leve, a água clara, o sol brilha forte, as árvores são exuberantes." (Poeta desconhecido)

Feng Shui é uma filosofia milenar chinesa que visa usar as leis do Céu (astronomia chinesa) e da Terra para ajudar a melhorar a vida das pessoas ao receberem as energias positivas e negativas, Yin e Yang respectivamente.

As filosofias do Taoísmo, Budismo e Confucionismo formaram a cultura chinesa e, de certa forma, influenciaram o desenvolvimento do Feng Shui.

A tradição literal de Feng Shui significa "vento" e "água" e, juntas, essas palavras representam a harmonia e o equilíbrio. Esta arte milenar é baseada no fluxo de energia ou "chi" através do universo e sua influência em nossas vidas diárias.

De acordo com o Feng Shui, os relacionamentos, a riqueza, o sucesso e a saúde estão diretamente relacionados ao arranjo de nossos pertences.

O objetivo é equilibrar a energia para dar ao indivíduo maior felicidade, bem-estar e produtividade.

Chi, em linhas gerais, designa a força vital que dá vida às pessoas, que está em toda a parte, que permeia a sua casa, ambiente fisico, os rios, estradas, árvores etc.

Força oculta dividida em sha (negativa) e chi ou yun (positiva).

Tradicionalmente, o yin é o princípio escuro, feminino e receptivo, e yang é o princípio de luz, masculino ativo.

Em síntese, a arte do Feng Shui, literalmente, reside na capacidade de detectar e corrigir os desequilíbrios no fluxo dessas energias antigas através da observação, dos cálculos repetitivos e da implementação de metodologias consagradas pelo tempo.

Dez Mandamentos do Feng Shui Moderno

1 – Mantenha seu ambiente arrumado. Jogue fora os itens que você não usa. Material antigo pendurado em torno de seu espaço drena a sua energia;

2 – Manter apenas os objetos que são bonitos. Remover objetos que lhe tragam más lembranças. Se você olhar para os ornamentos e imagens que você tenha por perto, pergunte-se sempre se eles invocam pensamentos e sentimentos positivos;

3 – Se você possui itens que são úteis, mas você tem associações negativas com eles (por exemplo, um presente de um amante passado, onde o relacionamento azedou) o melhor a fazer é dá-los a alguém que possa fazer uso dele sem ressentimentos;

4 – Substitua as flores e as plantas murchas de imediato, uma vez que estes são uma fonte de sha chi. Preencha os seus potes e vasos com plantas e flores frescas e vibrantes. Caso tenha um quintal, corte a grama e se livre das ervas daninhas;

5 – Se você é fumante, evite amontoar pontas de cigarros no cinzeiro, a energia que emana deste produto não é boa;

6 – Em qualquer ambiente deixe entrar ar fresco e luz do sol regularmente, abrindo portas e janelas;

7 – Cemitérios e salas de funeral são lugares de sofrimento, por isso é melhor não estar localizado muito próximo a estes locais;

8 – No quarto, sempre dormir com a cabeça contra a cabeceira da cama ou uma parede sólida atrás de você. Se há espelhos em seu quarto, certificar-se de que eles estão posicionados de tal forma que você não pode ver o seu próprio reflexo enquanto está deitado na cama;

9 – Ao sentar em uma mesa prefira que tenha uma parede sólida atrás de você. Quando sentado, seja capaz de ver a porta e quem entra na sala, isto vai dar-lhe uma sensação de segurança;

10 – Em uma sala crie um ambiente propício ao relaxamento. Limpe as energias tocando músicas de piano.

O Feng Shui é, em suma, o estudo das relações entre o meio ambiente e a vida

humana. Descoberto pelos chineses, o Feng Shui tem sido praticado há séculos para conceber ambientes que melhorem as condições de sucesso na vida.

Cada cômodo da casa é gerador e canalizador de uma energia vital.

Observemos:

• A cozinha atrai a sua saúde financeira;
• O quarto está associado à saúde física;
• A porta de entrada principal determina a qualidade de sua vida etc.

Feng Shui não é:

• Um método para ganhar dinheiro que garante resultados impossíveis;
• Um sistema de crença supersticiosa ou mágica, ou um modismo da Nova Era em
que você desconecta da realidade ou de sua vida diária;
• A simples arrumação da casa ou uma reforma no jardim;
• Uma solução rápida de decoração;
• Um luxo que só os ricos e famosos podem pagar;
• Um sistema de ciência empírica testável em laboratório.

Fato ou falácia?

1 – Fato ou falácia: fogões de cozinha e instalações sanitárias não devem estar no centro da casa. 

De acordo com as teorias do Feng Shui, uma fonte volátil ou negativa de energia no centro da casa pode causar instabilidade, mau humor e problemas emocionais. Sendo um elemento fogo, o fogão tende a causar azia e prisão de ventre, enquanto o elemento água do vaso sanitário tende a causar depressão, resfriados e diarreia. Portanto é fato: fogões de cozinha e instalações sanitárias não devem estar no centro da casa.

2 – Fato ou falácia: muitas janelas deixam escapar energia. 

Em muitas casas modernas, especialmente aquelas com pontos de vista, há uma tendência para instalar janelas de chão ao teto. As janelas são como os olhos e o nariz de uma casa. Muitas janelas podem criar falta de privacidade, insegurança, permitindo assim que a energia escape. Elas também criam um desequilíbrio de energia, deixando muita luz ou energia yang dentro de casa. Portanto é fato: muitas janelas deixam escapar energia.

3 – Fato ou falácia: A cama nunca deve estar alinhada com o banheiro.

O banheiro é onde nós excretamos nossos resíduos e é considerado uma fonte de energia negativa que pode criar desequilíbrio. As camas são onde descansamos e nos reenergizamos. Direcionar a energia negativa do banheiro para a cama pode causar problemas de ordem física. Portanto é fato: não se deve alinhar a cama na direção do banheiro.

4 – Fato ou falácia: É ruim ter uma árvore em frente a sua porta ou portão.

A porta é a boca da casa onde as energias entram e saem. É onde as pessoas entram e saem da casa. Nada deve impedir este fluxo de energia. Em um nível psicológico, a porta principal é o caminho onde transitam todo o tipo de energia. Portanto é fato: não é aconselhável ter uma árvore em frente a sua porta ou portão.

5 – Fato ou falácia: portas dianteiras e traseiras não devem ser alinhadas, pois isso faz com que o dinheiro acabe.

A casa é uma extensão do corpo, a porta da frente é considerada a boca da casa onde a energia entra e sai. A energia segue um caminho, assim como a comida em nosso corpo segue um caminho. Da mesma forma, a energia deve ser distribuída por toda a casa. Quando a porta da frente, ou da boca, se alinha diretamente com a porta de trás, a energia entra e sai sem a distribuição dela por toda a casa. Portanto é fato: portas dianteiras e traseiras não devem ser alinhadas, pois isso faz com que o dinheiro acabe.


ver mais

09 novembro 2014

10 Mandamentos do Feng Shui Moderno

1 – Mantenha seu ambiente arrumado. Jogue fora os itens que você não usa. Material antigo pendurado em torno de seu espaço drena a sua energia;

2 – Manter apenas os objetos que são bonitos. Remover objetos que lhe tragam más lembranças. Se você olhar para os ornamentos e imagens que você tenha por perto, pergunte-se sempre se eles invocam pensamentos e sentimentos positivos;

3 – Se você possui itens que são úteis, mas você tem associações negativas com eles (por exemplo, um presente de um amante passado, onde o relacionamento azedou) o melhor a fazer é dá-los a alguém que possa fazer uso dele sem ressentimentos;

4 – Substitua as flores e as plantas murchas de imediato, uma vez que estes são uma fonte de sha chi. Preencha os seus potes e vasos com plantas e flores frescas e vibrantes. Caso tenha um quintal, corte a grama e se livre das ervas daninhas;

5 – Se você é fumante, evite amontoar pontas de cigarros no cinzeiro, a energia que emana deste produto não é boa;

6 – Em qualquer ambiente deixe entrar ar fresco e luz do sol regularmente, abrindo portas e janelas;

7 – Cemitérios e salas de funeral são lugares de sofrimento, por isso é melhor não estar localizado muito próximo a estes locais;

8 – No quarto, sempre dormir com a cabeça contra a cabeceira da cama ou uma parede sólida atrás de você. Se há espelhos em seu quarto, certificar-se de que eles estão posicionados de tal forma que você não pode ver o seu próprio reflexo enquanto está deitado na cama;

9 – Ao sentar em uma mesa prefira que tenha uma parede sólida atrás de você. Quando sentado, seja capaz de ver a porta e quem entra na sala, isto vai dar-lhe uma sensação de segurança;

10 – Em uma sala crie um ambiente propício ao relaxamento. Limpe as energias tocando músicas de piano.

Extraído de Curso Feng Shui do Curso 24 Horas



ver mais

06 novembro 2014

Ajustamento e Produtividade

AjustamentoEtimologicamente, ajustar significa acomodar, adaptar, amoldar. Em termos sociais, é a capacidade que um indivíduo tem de buscar a harmonia na sociedade em que vive. Para tanto, deve ter alguns comportamentos dentro da sociedade, de forma a adequar-se a ela, sem nenhum tipo de conflito. Produtividade é o resultado daquilo que é produtivo. Em termos econômicos, é produzir mais com os mesmos recursos.

Frustração. Obstáculo que é posto numa determinada meta, impedindo que o ser atinja o objetivo ao que tende pela sua própria dinâmica. No contexto motivacional, surge como um elemento estranho, que se impõe entre o próprio sujeito e os seus objetivos anteriormente programados. Conforme for o teor do obstáculo, o indivíduo pode se sentir sem forças suficientes para simplificá-lo. Por isso, o ajustamento. 

Diante da frustração, há dois tipos de comportamento;

1) O comportamento que exprime verdadeiro ajustamento: quando o indivíduo considera a frustração de maneira racional, objetiva e amadurecida, determinando uma conduta realmente eficiente na superação do conflito. 

2) O comportamento que exprime falso ajustamento: quando o indivíduo considera a frustração de maneira emocional, subjetiva e imatura, propondo, por conseguinte, comportamentos insuficientes frente à situação de conflito na qual se encontra. 

O correto é tratar o ajustamento como uma forma de auto-realização, que é um tipo de comportamento que muda de acordo com as circunstâncias, obrigando o sujeito a manter a fé e a confiança mesmo diante das piores contrariedades. "É necessário que indivíduo aceite as diferenças e reconheça que as dificuldades inter-pessoais não são conseguida pela violência e o isolamento, senão através da comunicação". 

Adaptemo-nos conscientemente às circunstâncias. Às vezes, a não concretização dos nossos desejos é um bem que ainda não temos capacidade de divisar.

Fonte de Consulta

BERGAMINI, Cecília Whitaker. Psicologia Aplicada à Administração de Empresas: Psicologia do Comportamento Organizacional. 3.ed., São Paulo: Atlas, 1982. 



ver mais