15 outubro 2010

Dicionário: Uma Palavra Puxa Outra

A confecção de um dicionário On-line  traz muitos benefícios, pois ao tentarmos fazer ligação (link) entre as palavras, aumentamos sobremaneira o nosso estoque de conhecimento acerca de determinados vocábulos.

Observe a palavra Psicologia. Podemos defini-la como ciência que trata da mente e do comportamento. Feito isso, o próximo passo é fazer uma ligação com as palavras ciência, mente e comportamento. Uma única palavra evocou três. Se procedermos da mesma maneira com o termo ciência, mente e comportamento, podemos já ter mais nove palavras em nosso dicionário.

Neste simples exercício, percebemos o valor da associação de palavras, pois a lembrança de uma evoca outras. Com isso, vamos adquirindo um riquíssimo vocabulário. Mas isso não cai do céu. É sabido que a força de vontade, a perseverança, uma ação educativa, persistente e bem orientada, podem criar no indivíduo aptidões de que não era naturalmente dotado.

A palavra aptidão pode ser assim explicada: “Em presença de qualquer problema a inteligência tem de começar por compreendê-lo, tomar nota dos fatores que nele entram. Serve-se para isso, da memória, da comparação, da abstração, da generalização. A este trabalho de "compreensão" outros se juntam, como o de "direção", a dar ao curso do pensamento, para que alcance o seu objetivo; o de "invenção", sem o qual não surgiria ideia nova; e o de "crítica" que leva o indivíduo a rejeitar certas ideias que não convêm ao fim que pretende alcançar e a aproveitar outras que lhe sejam úteis”. (1)

A palavra aptidão, por seu turno, pode ser ligada com a habilidade ou capacidade de conhecimentos adquiridos... E assim vamos caminhando.

(1) EDIPE - ENCICLOPÉDIA DIDÁTICA DE INFORMAÇÃO E PESQUISA EDUCACIONAL. 3. ed. São Paulo: Iracema, 1987.

ver mais

Internet e Comunicação

Desde a invenção da máquina de escrever, as tarefas de escritório mudaram muito. Com a vinda do computador, houve um choque, pois começamos a fazer coisas que eram impensáveis sem ele. Na época da máquina de escrever, os escritos ficavam guardados, chegando, inclusive, a se perderem. Somente os que se consideravam escritores, tomavam a liberdade de publicá-los.

O aparecimento da Internet mudou completamente a maneira de nos relacionarmos com o mundo. O papel que ficava guardado já não existe mais. Os escritos ficam no próprio computador. Muitos deles são, depois, transferidos para a rede de computadores, propiciando a oportunidade de mais pessoas tomarem conhecimento da nossa maneira de pensar.

Tomemos como exemplo a ferramenta do Google, chamada Google Analyitcs. Por ela, podemos saber quem está acessando os nossos arquivos, de que lugar do mundo e que tipo de mecanismo de pesquisa está usando. Postamos um texto. Imediatamente, o mundo todo pode se inteirar dele, sem que precisemos mandar fax ou carta.

E no campo do ensino? Temos diversos cursos, denominados de "cursos à distância", em podemos estudar e aprender pelo computador, sem a necessidade de nos deslocarmos até a Escola. Observe alguns cursos oferecidos pelo Cursos 24 horas online:

Curso Aprenda a Falar em Público
Curso de Chefia e Liderança
Curso de Distúrbios de Aprendizagem
Curso de Escrita e Redação
Curso de Memorização e Leitura Dinâmica
Curso de Propaganda e Marketing
ver mais

13 outubro 2010

Distúrbios de Aprendizagem

Distúrbios de Aprendizagem. São caracterizados por problemas no sistema nervoso central, que fazem com que os indivíduos tenham dificuldade em aprender conteúdos ou atividades específicas como, por exemplo, escrever, ler ou fazer cálculos matemáticos. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, eles não são causados pela falta de inteligência ou baixo QI (Quociente de Inteligência), mas pelo contrário, algumas das pessoas que os possuem têm QI acima da média. Assim, eles constituem deficiências que são reversíveis através de uma atenção especial e formas de ensino apropriadas.

Os distúrbios de aprendizagem não são meras dificuldades de aprendizagem. Eles envolvem situações mais complexas do que o simples obstáculo na relação ensino-aprendizagem. Eis uma relação desses distúrbios: Dislexia, Disgrafia, Disortografia, Afasia, Disartria, Discalculia, Acalculia, Apraxia, Dispraxia, Gagueira, Déficit de atenção e TDAH.

Há os distúrbios de entrada e os de saída. Os de entrada dizem respeito à visão e à audição, momento em que são detectadas as informações; os de saída, dizem respeito à elaboração e transmissão do que foi aprendido.

Pais e professores devem prestar atenção no desenvolvimento da criança, pois é nessa idade que eles podem, com mais facilidade, detectar esses distúrbios.

Matricule-se no Curso de Distúrbios de Aprendizagem (CURSO 24 HORAS ONLINE) e aprenda mais sobre o assunto.

Estude Online: Lista dos Cursos 24 Horas
ver mais