03 dezembro 2008

Comunicação e Internet


Comunicação significa a ação de tornar algo comum a muitos. É o estabelecimento de uma corrente de pensamento ou mensagem, dirigida de um indivíduo a outro, com o fim de informar, persuadir, ou divertir. Significa, também, a troca de informações entre um transmissor e um receptor, e a inferência (percepção) do significado entre os indivíduos envolvidos.

A comunicação tem íntima relação com a percepção e a informação. A percepção é o processo de recepção, seleção, aquisição, transformação e organização das informações fornecidas através dos nossos sentidos. A psicologia desenvolveu alguns modelos de processamento das informações. Em linhas gerais, há uma estimulação (emissor), os filtros e o processo das respostas (receptor). As ilusões visuais, por exemplo, demonstram como o sistema perceptual pode ser ludibriado.

A comunicação, ao longo do tempo, passou por diversas fases: olfato, tato, visão, audição, na pré-história; depois, rosnados, gritos, posturas físicas, linguagens corporais. Com o desenvolvimento social em grupo, o homem precisou dar nomes aos objetos. Os sons surgiram para isso. Em seguida, chegaram o alfabeto e a escrita, para perpetuar a comunicação. É de se notar, também, que o intervalo entre a descoberta de um novo meio de comunicação e sua difusão tem diminuído. A imprensa levou 400 anos (de 1454 a 1854), o telefone 70 anos (de 1876 a 1945), o rádio 40 anos (de 1895 a 1935), a televisão 25 anos (de 1925 a 1950), a Internet 7 anos (de 1990 a 1997).

Até 1995, a Internet era exclusiva do meio acadêmico. A partir desta data começou a ser difundida comercialmente, passando a circular em diversos setores da sociedade como empresas, governos e pessoas físicas. Firmou-se e expandiu-se de tal maneira que hoje é familiar a muitas pessoas. A cidade de São Paulo, por exemplo, tem várias salas, chamadas de "lan house", em que o usuário paga uma taxa, variando entre R$ 1,00 e R$ 5,00 por hora. O governo de São Paulo, por seu turno, oferece Internet gratuita, através do programa "Acessa São Paulo".

Os sites são vigorosos meios de relações públicas para a divulgação de um produto, de um serviço. Nele podemos colocar as informações técnicas sobre um produto, o preço de venda, apostilas, textos, livros, exposição de fotografias etc. Os organizadores de sites devem se lembrar de que o site está ali para ajudar a vender um produto, uma ideia, e não para pirotecnia. Facilidade de busca e sistema de pesquisa interna ajudam sobremaneira.

O termo Internet surgiu com base na expressão inglesa "Interaction or interconnection between computer networks". É a rede das redes, o conjunto dos computadores dos seis continentes interligados entre si. Aproveitemos este meio de comunicação, não só para absorver, mas, sobretudo, para divulgar novas ideias.
ver mais